Podemos dizer que o que leva alguém a adotar o veganismo como estilo de vida são dois grandes motivos. O primeiro prende-se com a preocupação para com todos os seres vivos e com a sustentabilidade ambiental. O segundo é, obviamente, a preocupação com a sua própria saúde.

O que é na verdade um vegan?

Em traços gerais, trata-se de um indivíduo que decidiu excluir da sua alimentação e lifestyle tudo aquilo que tenha origem animal, que tenha sido testado em animais ou que contribua de alguma forma para a exploração animal. 

Na alimentação eliminou a carne, peixe, ovos, leite e os seus derivados, mel, bem como todos os ingredientes que tenham na sua composição alguma origem animal. No lifestyle baniu todo o vestuário e calçado cuja pele seja de fonte animal, todos os cosméticos e produtos que tenham ingredientes de origem animal ou tenham sido testados em animais e todas as iniciativas que contribuam para a exploração animal, como os circos, touradas, entre outros. 

Os benefícios e vantagens de uma alimentação vegan resultam essencialmente da ingestão inferior de gordura saturada, colesterol e proteína animal, bem como da ingestão superior de hidratos de carbono complexos, fibra alimentar, magnésio, ácido fólico, vitamina C e E, carotenóides e outros fitoquímicos. 

Em suma, níveis de colesterol mais baixos; menor pressão arterial e consequentemente menor risco de doenças cardiovasculares; menor risco de hipertensão; menor taxa de obesidade; melhoria do trânsito intestinal; impacto positivo na saúde dos ossos, prevenindo a osteoporose; dieta benéfica na prevenção e tratamento de doenças renais; menor propensão a alergias; aumento da esperança média de vida cerca de 10 anos face à média; mais energia; melhor qualidade de vida.

Kelly Slater, por exemplo, é um dos atletas do mundo do surf que se rendeu recentemente ao veganismo. 

Comentários