Wildsuits, a nova marca luso-francesa de fatos de surf ecológicos, tem o orgulho de anunciar oficialmente Sócrates Santana como o novo atleta da equipa! O bodyboarder, de 20 anos, oriundo de Copacana, Rio de Janeiro, já foi 2x campeão mundial Pro Junior e é o atual campeão profissional do Brasil em título. 

Todas as fotografias de Henriquefocaimages


Quando e porque começaste a fazer Bodyboard? 

Comecei a fazer bodyboard com 7 para 8 anos de idade, porque o meu pai tinha uma barraca de praia em Copacabana e e eu estava sempre por ali na areia a olhar os meus irmãos e os amigos deles surfando com uma prancha de bodyboard. Isso me encheu os olhos e criei uma paixão enorme quando surfei as minhas primeiras ondas! 

Qual é a tua manobra favorita e qual o tipo de onda que preferes?

Sou apaixonado pelo reverse air. Gosto de ondas tubulares e com rampas! 

“O bodyboard é muito importante na minha vida, pois, através dele viajei para lugares incríveis para fora do Brasil”

Como vês o Bodyboard daqui a uns anos?

O bodyboard está a crescer muito e tem um potencial enorme de chegar ao nível do surf de hoje. Acredito que daqui a alguns anos vamos estar nas Olimpíadas também! 

Quais são os teus objetivos pessoais no Bodyboard? 

Após conquistar duas vezes a Pro Júnior mundial e de estar agora na categoria profissional pelo terceiro ano, quero alcançar o meu primeiro título mundial profissional! 

Porque escolheste a Wildsuits? 

Escolhi a Wildsuits por dois motivos. Desde que comecei no bodyboard nunca tive uma parceria de fatos e, através da minha última viagem para Portugal, conheci um pouco sobre a marca e é uma das que se está a expandir muito O segundo motivo é que a Wildsuits tem produtos de grande qualidade e são aplicados a defender o mundo do bodyboard!

“Acredito que daqui a alguns anos vamos estar nas Olimpíadas também!”

O Bodyboard é importante para a tua vida?

Sim! O bodyboard é muito importante na minha vida, pois, através dele viajei para lugares incríveis para fora do Brasil, como Chile, Portugal, Havai. Fiz novos amigos, aprendi um pouco de línguas estrangeiras e das suas culturas. No momento ainda não tiro sustento do bodyboard, mas ainda tenho muita fé que vou conseguir ajudar a minha família e viajar sem preocupações. 

Qual foi a tua melhor surf trip no Brasil?

Na minha opinião eu gostei de todas, mas recordo como se fosse hoje as viagens que eu fazia com a equipa Posto 5 (Escola Guilherme Tâmega) com a galera toda que surfava comigo e ia para as competições! 

Qual foi a melhor viagem em Portugal?

A minha melhor surf trip em Portugal foi à Nazaré. O lugar, o “beach break” é sensacional, com altas ondas e é a praia que mais me marcou também, onde fui coroado em 2016 com meu bicampeonato mundial júnior.


Aproveita para saber mais sobre os fatos Wildsuits na shop-online

Comentários