Uma boa noite de sono, em conjunto com bons hábitos alimentares e físicos, é indispensável para uma vida saudável.

Sabes quantas horas deves dormir?
Segundo a National Sleep Foundation, recém-nascidos (até 3 meses) entre 14 a 17 horas por dia; crianças (2-12 anos) entre 10 a 13 horas; jovens (14-17 anos) entre 8 e 10 horas; jovens adultos (18 a 25 anos) entre 7 e 9 horas; adultos (26-64 anos) entre 7 e 9 horas; e idosos (+65 anos) entre 7 e 8 horas.

Um sono de qualidade pode ser reparador e ajuda a revitalizar o bem-estar físico e psicológico, a repor a energia perdida no dia-a-dia, a regenerar o sistema celular e reforçar o sistema imunitário. Todos os processos de crescimento e adaptação ao exercício físico acontecem durante o sono.

Se a qualidade deste não for boa poderá verificar-se um descontrolo metabólico que poderá levar à irritação, fadiga, massa gorda, predisposição a doenças cardiovasculares, diabetes e hipertensão, e até mais apetite por doces.

Isto não é tudo, pois se o sono não for reparador haverá menos concentração, memória, raciocínio, rendimento e performance, humor, defesas imunológicas, massa muscular.

Por isso, de forma a melhorar a qualidade do sono, podemos recorrer a alimentos relaxantes antes de dormir (ex.: infusões de ervas como o jasmim, flor de laranjeira, camomila, hortelã, aveia, couves, alface, iogurte natural, amêndoas, sementes de abóbora, ovo, abacate, etc.).

Como a claridade interfere na produção de melatonina (hormona responsável pela regulação do sono), é de procurar manter o ambiente do quarto escuro, além de que devemos evitar o consumo de estimulantes (café, chás preto/verde/vermelho/branco, picantes, gengibre, guaraná) e falsos calmantes como é o caso do vinho (álcool).

Também devemos desligar todos os aparelhos electrónicos antes de ir dormir e, como o corpo humano gosta de rotinas, é essencial ter uma hora para deitar e outra para acordar. xxx

Comentários